o olhar das crianças

olhar das crianças
Há algum tempo a folha de São Paulo publicou uma crônica do educador Rubem Alves, A COMPLICADA ARTE DE VER, aplicando este “ver” à educação. Na crônica o autor afirma que todo processo educacional deveria ensinar as pessoas a verem a vida além do óbvio. Em determinado momento da narrativa ele diz que podemos guardar nossos olhos em caixas de ferramentas ou em caixas de brinquedo. Ele afirma que caixa de ferramentas é a forma de ver de adulto. O ver do adulto vê apenas o óbvio. Apesar de necessário, ver o óbvio é muito pobre. Ele convida então os leitores a colocarem seus olhos em caixa de brinquedos, porque ali eles deixam de ser ferramentas com funções práticas e se tornam órgãos de prazer, que brincam com o que veem, olham pelo prazer de olhar, conseguem enxergar beleza e esperança no meio do caos. A caixa de brinquedos (o olhar do jeito criança) faz com que a vida fique mais leve, pois possibilita vê-la com simplicidade. Permite descomplicar, nem que seja um pouco, o que é muito complicado. Permite enxergar nos detalhes, nas entrelinhas, verdadeiros “oásis” de alento, paz, alegria e esperança. Permite brincar e sorrir apesar das circunstâncias, pois colore com vivacidade e cores vivas aquilo que na realidade está cinza e opaco. Não foi por acaso que o Senhor Jesus disse: “Digo a vocês que se não se tornarem como crianças não terão a chance nem de ver e nem de entrar no Reino e muito menos de entrar nele. Quem se tornar simples como esta criança, será o maior no Reino de Deus”. (Mt 18:4, 5). Aprendamos com elas e sejamos assim.

Anúncios

~ por celsommachado em 09/10/2013.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: