IGREJA: COMUNIDADE QUE TEM NA CRUZ DE CRISTO E NOS VALORES DO REINO DE DEUS SEU MODELO ÉTICO E MORAL

Imagem

Vivemos a realidade de uma sociedade “líquida” segundo Zygmunt Bauman, sociólogo polonês. Essa liquidez determina a compreensão e influencia a ética e valores morais do nosso tempo. A ética do nosso tempo é pautada pelo lucro, pelo levar vantagem em tudo, por ser o melhor, o maior, enfim, o centro de todas as coisas a qualquer preço. A proposta ética do Reino de Deus, do qual a Igreja é agente, é oposta a vigente, pois passa pela cruz e a cruz, implica em esvaziamento de si mesmo. A cruz cria a comunidade dos iguais, do serviço ao outro, seja este outro, Deus ou os homens e mulheres com quem nos relacionamos no dia a dia. Um ser humano confrontado com a cruz e consequentemente vazio de si (pobre de espírito), se torna pacificador, age com humildade e mansidão mantendo sua “força sob controle”, chora sinceramente a dor do outro, age sempre com misericórdia e não se satisfaz enquanto o outro não estiver satisfeito. Mesmo sabendo que esta forma de viver possa lhe gerar sofrimento, a exemplo do seu mestre e mentor, não desiste do outro. A ética do Reino de Deus é baseada na justiça niveladora proposta pela cruz, pois a fé gerada pela cruz é uma fé comunitária. Por isso os atraídos a este Reino, a esta fé, tem uma proposta ética para fora de si mesmos, que os leva a viver a realidade de uma contracultura. Sejamos esta Igreja, agente deste Reino, que tem nesta cruz elemento fundante para sua ética e valores morais.

Anúncios

~ por celsommachado em 23/03/2012.

2 Respostas to “IGREJA: COMUNIDADE QUE TEM NA CRUZ DE CRISTO E NOS VALORES DO REINO DE DEUS SEU MODELO ÉTICO E MORAL”

  1. Muito bom o texto, no entanto, como não são especificados quais valores éticos e morais a que se refere, gostaria de pontuar que muitas idéias disseminadas por algumas igrejas são preconceituosas, com fundamentos limitados e baseadas em teorias autoritárias, competitivas e descontextualizadas. Dessa forma ferem o direito a uma sociedade livre (entenda-se uma liberdade responsável) e merecedora de respeito. Mulheres, crianças e homossexuais são os maiores afetados. Abraços!

    • Eliana obrigado por seu comentário. Quero ver se trabalho em um próximo texto nesta mesma linha, discutindo esses valores. Concordo com você quando descreve algumas igrejas que pregam o evangelho da segregação, da exclusão, que ao meu ver não é o evangelho “boas notícias”, proclamado e vivido por Jesus Cristo. abraço

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: