UM POVO CHEIO DE AMOR

A sociedade do nosso tempo tem como sua principal marca a exaustão. Estamos cansados. E por trás desse cansaço estão: a competitividade desumana a que somos submetidos diariamente, o consumismo que nos pressiona e abre as feridas da vaidade, do orgulho, do individualismo ou da frustração. A relativização da verdade, de princípios e valores que produz seres humanos inseguros, instáveis e sem chão. Como conseqüência disso adoecemos emocionalmente e somos levados a um estado de cansaço crônico. Um estado de exaustão da alma. Por ter sido alcançado pela graça do Cristo que proferiu: “Vinde a mim todos os que estão casados que eu vos aliviarei”, o povo a quem chamamos Igreja encontra nele a real possibilidade de descanso e isso por experiência. Só que todo esse movimento da graça não se encerra aí. Os que experimentam esta graça que trás alívio a alma tem a missão de avisar aos outros cansados a sua volta que este alívio está a disposição deles também. É por isso que afirmo baseado nas Escrituras, que a Igreja, como corpo de Cristo, foi vocacionada a ser um povo cheio de amor para abraçar aqueles que ainda não receberam o abraço do único que pode aliviar a alma humana da sua exaustão e cansaço: Jesus Cristo. Sonhemos com isto, decidamos por isto e sejamos esta Igreja, povo cheio de amor.

Anúncios

~ por celsommachado em 02/03/2012.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: