…jesus a linha da vida…

 

Isaías 7: 14: “Por isso o Senhor mesmo lhes dará um sinal: a virgem ficará grávida e dará à luz um filho, e o chamará Emanuel”

 

Aquele que é e determina a linha do tempo e é seu Senhor é também quem lança a linha da vida para nos resgatar.

A tentação de ser igual a Deus coloca a humanidade em uma caminhada de distanciamento do Deus a quem deseja se igualar. Apesar de termos sido concebidos a sua imagem e semelhança, não somos deuses e jamais seremos, somos humanos.

Nesta busca louca, quanto mais procuramos nos deificar, mais nos desumanizamos. Essa desumanização compromete alguns fatores essenciais a uma vida plena e feliz. A frustração de não conseguir ser deus somada a deterioração do que é ser humano rouba de nós o amor, a paz, e a esperança.

Não amamos e não nos sentimos amados por causa do egoísmo resultante do distanciamento de Deus. Vivemos em guerra interior e exterior, constantes por causa do nosso distanciamento de Deus. Vivemos sem perspectivas e sem esperança por causa do nosso distanciamento de Deus.

Esse distanciamento que nos leva a viver na escuridão daquilo que somos e fazemos, atrai o mover da graça e da misericórdia de Deus. E movida por uma amor inexplicável a linha da vida que atravessa o tempo chega até nós e se torna pessoal com a encarnação do Filho de Deus. O Profeta Isaías diz que seu nome é Emanuel que significa Deus conosco.

Deus se torna um de nós e diz de forma audível e visível que estamos trilhando o caminho contrário do que deveríamos. Ele se torna humano, deixando claro que nos quer humanos e que esse é o seu propósito para nós. E em sermos plenamente humanos está nossa felicidade e realização.

O Natal de Jesus trás a mensagem da encarnação de Deus, a mensagem do Emanuel, a mensagem da identificação que define nossa identidade e dá sentido a nossa vida. A mensagem que traça a linha da nossa vida.

O Cristo encarnado vivendo entre nós propõe uma forma humana de viver que vale a pena. Pois Deus conosco é a possibilidade perdão, é a certeza da reconciliação, da aproximação. Deus conosco é a possibilidade da paz. Deus conosco é a possibilidade de esperança. Deus conosco é vida.

Mas não conseguimos falar da identificação, de perdão, de reconciliação e de paz focados apenas na encarnação, pois de qualquer ponto da história de Emanuel, inclusive do seu nascimento é possível ver a cruz.

Se parássemos na encarnação teríamos apenas a amorosa identificação e presença de Emanuel, mas porque a encarnação prossegue até a cruz temos o perdão, a reconciliação a pacificação do nosso relacionamento com Deus e com o próximo, ou seja, tudo que precisamos para viver a humanidade que Deus planejou para nós.

Humanidade cujo caráter e essência são descritos em Gátas 5:22 e 23: “Mas o fruto do Espírito é amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade, mansidão e domínio próprio”.

Humanidade cuja prática de vida é descrita nas bem-aventuranças no capítulo 5 do evangelho de Mateus e resulta na verdadeira felicidade: “os pobres em espírito de quem é o Reino dos céus; os que choram que serão consolados; os humildes, que receberão a terra por herança; os que têm fome e sede de justiça, que serão satisfeitos; os misericordiosos, que obterão misericórdia; os puros de coração, que verão a Deus; os pacificadores, que serão chamados filhos de Deus; os perseguidos por causa da justiça, que possuem o Reino dos céus, juntamente com os que são insultados, perseguidos e caluniados”.

Essa humanidade é o propósito de Deus para nós. Essa humanidade foi vivida por Emanuel. A possibilidade de vivê-la nos demonstrada na encarnação e conquistada na cruz.

Pensando na história completa a linha da vida se manifesta a nosso favor na encarnação, na experiência de Emanuel, sinalizando uma proposta de vida que vale a pena. Na cruz a linha da vida que até então era apenas visível se torna acessível para aqueles que crêem e se entregam, deixando-se envolver por ela. É Natal, é Emanuel, a linha da vida me envolve nos envolve para dar sentido a nossa existência.

Anúncios

~ por celsommachado em 17/12/2010.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: