…e agora José?….acabou o circo…

A copa do mundo e a possibilidade do “hexa campeonato mundial” tiraram nossos olhos brasileiros de muitas coisas que estão acontecendo em nosso país. Aumentos salariais decididos com parcialidade que atendem o interesse de alguns privilegiados em detrimento das reais necessidades de algumas classes trabalhadoras. Vinte e cinco por cento senhores senadores? Com exceção de alguns, muitos cidadãos brasileiros absortos pela diversão permitiram e contribuíram para que se instalasse um “black out” em relação ao fato de que estamos em ano eleitoral. E com isso não se vê que oposições outrora acirradas se abraçam através de alianças afetuosamente melosas, e intragáveis, impossíveis de entender.  Na verdade instalasse uma farra eleitoral. Por um lado os do poder lutando a todo custo para permanecer ali sem nenhuma intenção de deixar a “teta”, que tem enriquecido tantos ilicitamente. Por outro lado, aqueles que ainda não experimentaram o gostinho deste poder lutam pela fatia que lhes é destinada por fraudulento direito, com aquele sentimento sórdido do: “agora é a nossa vez”. Não se trata de culpar a copa, pois na verdade, ela em si é só um evento isento de sentimentos, de intenções e vida. Na verdade a questão também não tem a ver com culpados tem a ver com o fato de atribuirmos valor ou não ao que realmente tem valor; de nossas prioridades estarem estabelecidas de formas a produzir vida justa para todos à nossa volta ou não. Tem a ver com as nossas próprias expectativas em relação à vida. Nós povo brasileiro temos grande parcela de responsabilidade nas coisas erradas que acontecem no nosso país as quais, criticamos com veemência. É por causa de valores errados, prioridades mal estabelecidas, expectativas egoístas e sem propósito que o povo brasileiro é facilmente anestesiado por mega eventos, como a copa, carnaval e afins. Como já disse antes nada contra os eventos em si. Junto a esses eventos que possibilitam diversão ao povo surgem os famosos e paliativos projetos sociais do governo. Essa combinação a princípio atraente, mas com certeza perigosa, nos remete a Roma antiga e a estratégia usada pelos imperadores para idiotização e emudecimento do povo, a famosa política do “pão e circo”. O povo brasileiro tem sido vítima desta mesma política nojenta praticada pelo governo e legitimada, divulgada, ensinada de forma sufocante e massificadora pela manipuladora “plim-plim”. Mas a copa acabou para o Brasil na última sexta feira com um suco de laranja ainda indigesto, no próximo domingo ela acaba de vez para todos e eu pergunto: “E agora José?” …pois o próximo circo só em fevereiro de 2011…Acorda Brasil!



Anúncios

~ por celsommachado em 05/07/2010.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: