…pqp do Kaká…

A leitura labial virou moda nesta copa. Reprises de lances em câmera extremamente lenta têm se tornado um show a parte, quase torna possível ouvir o que o jogador, técnico, juiz dizem em campo, longe dos microfones. E a sensação da leitura labial de hoje foi a do Kaká, nosso bom garoto da seleção, xingando quando erra um chute. O twitter está explodindo de citações a respeito. Uns dizem: ele pecou! Outros acharam legal. Imagino que esta situação tão banal e simples acabe se tornando uma polêmica em torno de “posturas que cristãos devem ter”. Imagino a cobrança principalmente daqueles que proferem a mesma fé e até de alguns que querem ditar o comportamento de quem se diz cristão mesmo não sendo. Tudo isso é uma grande palhaçada. Eu fico pensando em como os chamados discípulos de Jesus ou cristãos, têm estado cada vez mais descaracterizados. Nem “reformas”, nem “avivamentos”, nem “novas unções”, nem “novos ungidões” têm conseguido aproximar a forma de ser e pensar dos discípulos de Jesus do próprio Jesus. Deus encarnando e vivendo entre nós através do seu filho Jesus chamou a atenção do nosso olhar para a intenção do seu coração. Ele queria que fôssemos simplesmente humanos e nos inspirou com a melhor forma de sê-lo, com o exemplo do próprio Jesus. Ser humano é admitir limitações, imperfeições, oscilações nas emoções e continuar feliz. É alegrar-se com os acertos e chorar com os erros, mas lutar para superá-los. É estar disposto a aprender sempre, entendendo que a vida, além de um grande prazer, é também uma grande escola. O grande problema de boa parte dos discípulos de Jesus hoje é que não querem ser humanos, mas deuses; e mesmo assim, deuses de má qualidade. Aquele tipo de deuses pagãos maus, sisudos, fechados, que não podem curtir a vida, que não podem sentir prazer no que fazem, exceto naquilo que envolve a religião; que não podem por para fora suas emoções e até de vez em quando “xingar” quando envolvidos em experiências assustadoras ou que despertem raiva. Na verdade, isso gera um grande problema, pois faz de boa parte do grupo que se diz seguidor de Jesus, um grupo que vive uma grande hipocrisia. Diante do desejo ardente de ser Deus e da grande dificuldade em aceitar a sua humanidade, o que se vive é uma vida frustrante e vazia que acaba se tornando uma grande farsa. Jesus falou certa vez para os religiosos da sua época que eles coavam o mosquito e engoliam o camelo. Viver uma farsa esvazia de credibilidade a mensagem que pregamos como verdade. Existem coisas mais importantes para nos preocuparmos enquanto cristãos, por exemplo: anestesiados pela copa não vemos que o congresso está pintando e bordando em suas decisões sobre o aumento dos próprios salários; esquecemos do sofrimento das vítimas das enchentes no nordeste; ou de achar meios criativos de demonstrar nosso amor ao próximo àqueles que estão a nossa volta. Deixa o Kaká xingar e o Robinho dar “glória a Deus”. Eles são humanos, seja você também, da melhor maneira possível, o humano que Deus planejou.

Anúncios

~ por celsommachado em 28/06/2010.

3 Respostas to “…pqp do Kaká…”

  1. Boa Clesão!! to contigo!!! otimo dia

  2. A imprensa fez do Kaká tão santo que o fato de ter errado o gol e dito um palavrão o fez virar um pecador… Surpresos deveríamos ficar se o Adriano fizer um gol e dar glória a Deus.

  3. Quando erro uma nota no baixo, digo a mesma coisa, rsrsrsrsr.
    Excelente texto!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: