…missio dei & missio mater…

A idéia de dia das mães, dos pais, das tias, da sogra, do periquito, do papagaio e afins, como bem sabemos só tem finalidade comercial. Mas deixando de lado essa discussão que na verdade não vai mudar muita coisa vamos refletir um pouco sobre o que vale pena. Vamos falar das mães.

Tenho a sensação de que as palavras perdem a força e tornam-se limitadas quando se trata de falar a respeito dessas heroínas. Mas ainda assim, quero ousar escrever algumas linhas prestando-lhes, ainda que de forma singela, uma pequena homenagem.

Pensar em maternidade me faz lembrar Deus, pois trás a idéia de gerar e nutrir a nova vida que surge, contribuindo para o crescimento do ser vivo em questão. Por isso a idéia de útero, fertilização, gravidez, parto, nutrição, cuidado, enfim, o processo de gestação que faz parte da realidade de uma mãe, ainda que como conceito, pode ser percebido na relação Deus/homem. Pois Deus gerou e gera vida, filhos. Ele nutre os filhos que gera com um cuidado amoroso que é diferente de outras formas de gestações e cuidados, pois tem as marcas da graça, da misericórdia e do perdão. Essa forma de gerar e nutrir com amor, ainda que não perfeita como a forma de Deus, pode ser percebida na relação das mães com seus filhos. E creio que essa semelhança atribui à maternidade um valor ainda mais especial.

Mas o que mais me cativa em todo este processo que envolve tanto a “missio dei” como a “missio mater” é a entrega. Quando Deus decide gerar vida e amar a vida gerada, desencadeia-se um processo de entrega, renúncia, esvaziamento, inclusive de sofrimento e morte. Não há maternidade sem entrega. A entrega das emoções, da privacidade, do tempo, de sonhos, até da estética do corpo. E o mais fascinante é que tanto para Deus como para a mãe essa entrega não tem a conotação de “preço” sendo pago, mas trata-se de amor e simplesmente amor.

Por isso é necessário que nestes tempos de desapego e desestrutura familiar, os filhos decidam responder a essa entrega maternal com amor e a valorizar suas mães. Amor e valorização que devem envolver respeito, carinho, afeição e cuidado. Eu creio que esta é a homenagem que toda mãe gostaria de receber e que todos os filhos deveriam oferecer diariamente.

Anúncios

~ por celsommachado em 07/05/2010.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: